O que fazer nos primeiros dias de aula no Berçário – 0 a 2 anos?

Todos os anos as crianças passam por uma adaptação na escola, mesmo as que já frequentavam a escola em anos anteriores.

Isso acontece porque ocorrem muitas mudanças nesse período: mudança de sala, mudança de Professor(a), amigos que saíram e chegada de novos… enfim.

Mas no Berçário essas mudanças são ainda maiores, porque é a primeira vez da criança na escola.

Algumas vezes a criança passa poucos meses do ano anterior na escola, sai em férias e quando retorna é como se fosse a primeira vez.

Todos precisam estar preparados para essa situação, pais, crianças, professores e a escola. A adaptação faz parte do processo, mas precisa ser bem conduzida e encarada por todos os envolvidos.

Depois de entender como funciona e se preparar para o processo de adaptação, você com certeza vai se perguntar: O que fazer nos primeiros dias de aula no Berçário?

E é exatamente isso que eu vou te mostrar agora, com uma linguagem bem objetiva e atividades práticas para você realizar na sua escola.

O que fazer nos primeiros dias de aula no Berçário?

Para planejar o que você vai fazer e saber exatamente o que falar e como falar, você precisa ter em mente todos os envolvidos no processo:

Escola: Alinhe suas ações e modo de pensar com a forma como a escola se posiciona no mercado, ou seja, participe de reuniões com a coordenação/direção da sua escola para entender se a forma como a escola acredita vai de encontro com a forma que você faz.

Pais/familiares: Mantenha uma postura firme, comprometida, amorosa e passe segurança aos pais. Segurança em TUDO! No fazer, no falar e na sua postura física e gestual. Para isso é necessário que você esteja preparada tanto teoricamente como para prática.

Bebês e Crianças: Se mostre verdadeiramente disposta e disponível para entender o que eles estão passando e amenizar as sensações ruins. Coloque como meta ver a alegria e o sorriso no rosto dos seus alunos e faça tudo que puder para que isso aconteça.

Como organizar a Rotina dos primeiros dias?

Elabore uma rotina simples, leve, com poucas situações. Evite deixar horários apertados que serão quase impossíveis de serem cumpridos.

Lembre-se que essa não será a sua rotina para o ano todo, a rotina deve mudar sempre que não for mais possível de ser realizada ou não fizer sentido para sua sala.

Coloque planos B e C na rotina, ou seja, outras opções para o mesmo momento.

Ex. Tal horário eu vou no espaço aberto fazer isso, mas se chover eu vou em tal sala fazer aquilo ou outra sala fazer aquilo outro.

Isso porque a medida que você for conhecendo cada aluno você vai saber o que pode dar certo ou não, mas nesse momento é quase impossível você saber essas variáveis, por isso pense durante a elaboração da rotina para ter surpresas desagradáveis durante o dia.

Para acessar nosso modelo de rotina baixe o e-Book gratuito AQUI

Quais atividades realizar nos primeiros dias de aula no Berçário?

Bom… nesses primeiros dias, podemos considerar de uma a três ou quatro semanas, não se preocupe com o desenvolvimento dos bebês e o que estão aprendendo ou como serão estimulados a adaptação em si já traz muitos aprendizados para eles.

Por isso foque em atividades que vão ocupar o tempo dos bebês, distraí-los, permitir que se expressem e que conheçam melhor e brinquem com você.

É claro que fazendo isso, eles estarão sendo estimulados e aprendendo, o que eu disse foi apenas que você não precisa manter o foco nisso nesse momento, entende?!

Vamos as atividades práticas:

Para crianças de 4 meses a 1 ano (ou que ainda não andam):

Fantoche: Brinque com a criança usando o fantoche. É uma forma da criança interagir com você, mas você se passa pelo personagem do fantoche, brinca, ri e muda de voz.

Chocalho: ótimo material para estimular coordenação motora e visomotora dos bebês, podendo brincar com o bebê ou deixar o material na mão dele.

Móbile: distrai o bebê e estimulação a visão, com ou sem música, pode-se deixar por perto para entreter o bebê.

Bater Palmas: com ou sem música, forte e fraco, rápido e devagar… enfim com o objetivo de chamar a atenção do bebê e permitir que ele aprenda por meio da imitação.

Achou: colocar um brinquedo embaixo de um lenço ou retalho de papo para que a criança seja incentivada a tirar o pano e encontrar o objeto. Além de divertir ensina a criança a entender o conceito de “achar”, mostrar que as coisas saem do campo de visão e voltam. Auxilia no processo de adaptação para a criança entender que a família vai e volta.

Rolos de Estimulação: permitir que a criança conheça, explore e se divirta com o material, sem intenção, ainda, de realizar as atividades de estimulação psicomotora propriamente ditas ainda.

Para crianças de 1 a 2 anos (ou que já andam):

Obstáculos: Colocar obstáculos pela sala e incentivar a criança a andar ou engatinhar entre, sob ou sobre os obstáculos. Sempre de forma lúdica e divertida.

Partes do Corpo: brincar de encontrar as partes do corpo, cada criança colocando a mão em si mesma. Exemplo: Quem tem cabeça? Coloca a mão na cabeça! Cadê a boca? Coloca a mão na boca! Etc…

Animais: Imitação dos animais pelo espaço. Gestos e sons, da forma que a criança quiser. Deixe que ela se expresse e faça a sua maneira. Não existe certo e errado nesse momento.

Mudança de posição: Propor atividades em que as crianças explorem os diversos planos (alto, médio e baixo) com muita diversão. Exemplo: música – Roda, roda, roda, pé, pé, pé, roda, roda, roda, caranguejo peixe é (nesse momento todos abaixam).

Ritmo musical com palmas: Bater palmas no ritmo da música.

Para fazer junto (crianças de 0 a 2 anos):

Bolinha de Sabão: Para a criança acompanhar com os olhos e pegar. Lembre-se de usar um xampu ou sabonete liquido que não arde os olhos.

Música: Dança e gestos com música. Amplie sempre o repertório das crianças e não fique só em músicas infantis.

Livros/história: Contar histórias curtas e com mudanças no tom de voz para acalmar e chamar a atenção dos pequenos.

Bater no chão: Brincar de bater os pés e as mãos no chão.

Pegar e arremessar: Disponibilizar bolinhas pequenas pela sala (pode ser bolinha de piscina de bolinha) para que as crianças divirtam-se chutando, arremessando e carregando bolas.

Espelho: Brincar em frente ao espelho reconhecendo as partes do corpo e fazendo caretas.

Por aqui passou: Fazer com as crianças individualmente para aumentar o vínculo entre a professora e o aluno. Passando a mão na palma da mão da criança diga “por aqui passou um ovo” depois comece pelo dedo mínimo e para cada fala mude de dedo “esse viu, esse pegou, esse cozinhou, esse descascou e o espertinho” agora faça cócegas na palma da mão da criança e diga “comeu, comeu, comeu”.

Para fazer livre (crianças de 0 a 2 anos):

Blocos de encaixe

Empilhar

Bichos e bonecos de borracha

Livros de banho ou pano

Lembre-se que as atividades precisam ser repetidas várias vezes. A criança pequena precisa de muitas repetições para aprender. Sem contar que a cada vez que ela brinca ela percebe e aprende coisas novas e diferentes da vez anterior.

Gostou das dicas? Deixe seu comentário aqui embaixo!

Beijo

Vivian Mazzeo

28 comentários em “O que fazer nos primeiros dias de aula no Berçário – 0 a 2 anos?”

Deixe um comentário